Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?

Primeiras Visitas a Rio dos Cedros

Atualizado em 18/10/2019 às 11:17


Discurso ao Consul da Áustria
Proferido por Ottília Agostini Carlini

Os Padres Franciscanos aconselharam os Primeiros imigrantes a formarem uma cooperativa para exportar para a Europa a produção do fumo.

A Áustria, ciente das possibilidades de comércio, mandou para tratar do assunto, o Consul Carlo Bertoni, em 1905, que foi recebido pelo POVO e por todos os escolares da Vila, Pomeranos, São José e São Bernardo.

O cônsul entrou pelo caminho dos Tiroleses e chegou a Rio dos Cedros sob os aplausos da multidão. Os velhos choravam de emocionados e abraçavam o Cônsul Austríaco, com extrema simpatia e amizade.

Deve-se notar que Trento e Tirol, estavam sob o domínio da Áustria e o Cônsul, portanto, representava o Governo daquela nação, chefiada pelo imperador Francisco José.

Foi nessa ocasião que a menina de 6 anos, Ottília Agostini, falecida com 82 anos de idade, empolgou a multidão pelo discurso de recepção, o 10 a ser pronunciado a uma Autoridade, composto pelo prof. Vergílio Campestrini.

“Eccelenza, Console austriaco,
Carlo Bertoni!

Noi siam nati in strani lidi
Dagli Austriaci genitor
E sapiam che noi siam figli
D’una Patria e d’un Signor,

Ce lo dicon babbo e mamma
Che il destin qui li riduce,
Nostra Patria è giù lontana
E’ lontana, è nel Tirol

La son nati gli avi nostri
Là sepolti negli avel,
Nel Tirolo son rimasti
Ancor vivi genitor

Quando entriamo nella scuola
Per la grazia del Signor
Figli attenti alla parola
Dice il Padre dell’amor.

Di Europa in continente
Nel suo seno l’Austria stà
Amplo è il regno e colta gente
Ricco il suolo d’ammenità.

L’Austria abbonda di miniero
Di granaglie, frutta e fior,
L’Austria Impero, è un bel paese
Dove pace regna onor.

Città grande in piano colle
S’erge Viena d’Austria Impero
Viena antica è capitale
Dell’antico e vasto regno.

E noi tutti ti preghiamo
Ò Eccelenza qui venuto,
Ci annunzierai un pio saluto
A Sua Maestà, l’Imperator.”
Tradução:

Excelência, Cônsul austríaco,
Carlo Bertoni!

Nascemos em terras estrangeiras
De genitores Austríacos
E sabemos que somos filhos
De uma Pátria e de um Senhor.

Isso nos dizem papai e mamãe
Que o destino para cá os trouxe,
Nossa Pátria está longe,
está longe, é no Tirol.

Lá nasceram nossos antepassados
Lá estão sepultados na terra,
No Tirol permaneceram
Ainda vivos os pais.

Quando entramos na escola
Pela graça do Senhor
Filhos atentos à palavra
Diz-nos o Pai do amor.

No continente da Europa
No seu centro a Áustria está
Amplo o reino e culta a gente
Rico o solo de variedades.

A Áustria abunda de minério
De grãos, frutos e flores,
A Áustria Império é um belo país
Onde reina eterna paz.

Cidade grande em plaina colina
Ergue-se Viena da Áustria Império
Viena antiga é capital
Do antigo e vasto reino.

E nós todos te pedimos,
É Excelência aqui vindo
Anunciarás uma carinhosa saudação
A Sua Majestade, o Imperador.

Página 122 - Livro História e Imigração de Rio dos Cedros - 2º Edição